Notícias

Tapauá avança e está entre os 15 municípios do AM que mais atuam na Atenção Básica de Saúde

O índice mede a qualidade dos serviços oferecidos aos usuários pela Secretaria Municipal de Saúde e tem fiscalizado do Ministério da Saúde 

O município de Tapauá (AM) alcançou notas e posições de destaque nos indicadores da atenção básica em saúde, no ranking Previne Brasil, do Ministério da Saúde. Entre os municípios do Amazonas, Tapauá alcançou a 14ª posição na frente de municípios maiores e com mais aportes financeiros do Amazonas no ranking geral dos indicadores.

De acordo com o prefeito Gamaliel Andrade, os indicadores avaliam atendimento a gestantes, hipertensos e diabéticos, coleta de preventivo e imunização das crianças. Ele destaca que o município alcançou ótimas porcentagens nos atendimentos, gerando notas fundamentais para o recebimento de recursos do Ministério da Saúde.

O prefeito reforça que as boas notas são resultado da busca ativa que o município tem feito através dos agentes comunitários de saúde e equipes de enfermeiros, técnicos, dentistas e médicos que fazem parte das Unidades Básicas de Saúde em Tapauá. Vale destacar que os indicadores levam em conta apenas os atendimentos do SUS, não sendo contabilizados pacientes do particular.

QUAIS SÃO OS INDICADORES?
⦁ Proporção de gestantes com pelo menos seis consultas pré-natal realizadas, sendo a primeira até a 12ª semana de gestação
⦁  Proporção de gestantes com realização de exames para sífilis e HIV
⦁  Proporção de gestantes com atendimento odontológico realizado
⦁  Proporção de mulheres com coleta de citopatológico na APS (Preventivo)
⦁  Proporção de crianças de um ano de idade vacinadas contra Difteria, Tétano, Coqueluche, Hepatite B, infecções causadas por haemophilus influenzae tipo B e Poliomielite inativada
⦁  Proporção de pessoas com hipertensão, com consulta e pressão arterial aferida no semestre
⦁ Proporção de pessoas com diabetes, com consulta e hemoglobina glicada solicitada no semestre.

O Previne Brasil, do Ministério da Saúde, estabelece pagamentos por desempenho em procedimentos específicos como, por exemplo, consultas pré-natais e cobertura citopatológica – o chamado preventivo, que é a estratégia mais adotada para o rastreamento do câncer de colo do útero, enquanto o PAB considerava os resultados de avaliação no Programa de Melhoria da Qualidade da Atenção Básica.

VEJA O RESULTADO GERAL DO AMAZONAS

Ranking_Previne_Brasil (1)
você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.