Notícias

Pautas para crescimento da economia do Amazonas, obras estruturantes e apoio às populações em risco social serão prioridade do mandato de Saullo Vianna em 2024

Deputado federal pelo AM seguirá em busca de trazer investimentos para o Estado, principalmente para o asfaltamento da BR-319, a construção de um porto público e de moradias populares para Manaus, na opinião dele, fundamentais para o fomento da economia e geração de empregos

O deputado federal Saullo Vianna (União- AM) anunciou quais serão as agendas mais estratégicas que serão foco do seu segundo ano de mandato. Entre as principais pautas, um dos destaques fica por conta da busca por investimentos em obras estruturantes, além da articulação para trazer mais recursos para o Amazonas.

“Precisamos garantir que a competitividade da nossa economia se mantenha. Mas, para isso, temos de dotar o Amazonas de estradas em bom estado de conservação e trafegabilidade, com a pavimentação da BR-319. Também é inconcebível que uma capital como Manaus, que conta com um parque industrial como o nosso, não tenha um porto público”, frisou Vianna, ao enumerar algumas de suas prioridades neste ano.

Além de medidas para estimular o crescimento econômico, Saullo Vianna também irá trabalhar pela aprovação dos seus projetos de lei que buscam proteger as populações vulneráveis, a exemplo dos que garantem direitos aos idosos, pessoas com deficiência, e minorias desassistidas. “Vamos seguir aguerridos para levar a transformação que o povo do Amazonas tanto espera. Afinal, meu mandato pertence aos amazonenses, que vão continuar contando com a minha dedicação e com a defesa do meu estado”,

Lei inspirada no torcedor símbolo do Vasco tem simpatia dos líderes– Entre os vários projetos e ações de Saullo Vianna voltados para garantir dignidade às populações mais vulneráveis, está o Projeto de Lei (PL) nº 4820/2023, que prevê apoio financeiro aos portadores da doença Epidermólise Bolhosa (EB). Vianna apresentou o PL que institui uma Pensão Especial para os diagnosticados com a patologia ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e a líderes partidários, que aplaudiram a iniciativa de Vianna.

A lei foi inspirada no pequeno torcedor do Vasco da Gama, Guilherme Granda Moura, de 8 anos. Gui tem essa doença genética rara, que provoca graves ferimentos na pele e demanda tratamento especializado e constante, o que muitas vezes impede o portador ou seu responsável de criar uma fonte de renda para sua subsistência e de sua família.

+++++++

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.